| Página Inicial | O Site | Estatística | Contato Domingo, 20 de Agosto de 2017
 
 

Menu

Onde Estamos
O Início
As Sesmarias
O Café
A Laranja
A Industrialização
Divisão Política
Rede Viária
Relevo
Meio Ambiente
Sensoriamento
Fazendas Históricas
Turismo em Limeira
Câmara Municipal
Prefeitos de Limeira
Dados de Limeira
Personalidades
Hino da Cidade
A Bandeira
O Brasão
 
Referências
 
Sensoriamento
Compartilhe Facebook
 

Sensoriamento Remoto

É através dos órgãos dos sentidos que o homem percebe o mundo. No entanto, ele precisou desenvolver equipamentos que permitissem melhorar essa capacidade. Um exemplo disso, é a invenção do binóculo, que aumenta o poder de visão humana em muitos metros.
Alguns equipamentos foram desenvolvidos para que o homem pudesse observar melhor a Terra. Assim, foram feitos os satélites artificiais de sensoriamento remoto, que são lançados no espaço por foguetes ou ônibus espaciais, entrando na órbita da Terra.
Os satélites, captam as informações da superfície da Terra através de sensores. Esses sensores capturam ondas eletromagnéticas de energia, emitidas principalmente pelo Sol.
A energia é refletida pelos objetos da superfície terrestre, retornando aos sensores, onde as informações são processadas e retransmitidas para estações de recepção na Terra.
As Informações, são transformadas em valores numéricos para produção de gráficos, tabelas e imagens, que são distribuídos aos usuários finais, com diversas possibilidades de uso.mar
Para inventar o Sistema de Teledetecção, os cientistas se basearam no olho humano.

No entanto, a nossa percepção visual é limitada. O nosso olho é como um sensor, mas que só nos permite ver um tipo de energia, chamada Espectro Visível.
A forma energética do calor, pode ser facilmente percebida,mas são necessários "olhos artificiais" para podermos enxergá-la.
O homem utiliza sensores artificiais, montados sobre plataformas, localizados a grande distância da Terra.

Os sensores, captam as ondas eletromagnéticas, inclusive as que não podemos ver, fornecendo imagens de vários tipos como em preto e branco, e coloridas.
Com a imagem de satélite é possível ver a Terra de várias maneiras, como a observação vertical e panorâmica, onde podemos enxergar fenômenos como inundações e focos de incêndio, por exemplo.

Bandas ou Canais

Na superfície da Terra, existem diferentes tipos de cobertura como: vegetação, oceanos, solos, cidades, etc.. Cada um desses elementos recebe a energia solar e a reflete de modo diferente. Porém, todos refletem essa energia em forma de ondas, de forma que possam ser captadas pelos satélites.

As ondas eletromagnéticas são como as ondas de rádio. Apesar de não podermos vê-las, sabemos que cada estação de rádio tem um número (comprimento) de onda. Se sintonizarmos esse número de onda no rádio, poderemos ouvir perfeitamente aquela estação. Dessa forma, como existem várias estações de rádio, existem vários canais ou bandas para cada imagem de satélite.
Cada banda da imagem, vai servir para mostrar melhor um tipo de elemento da superfície terrestre. Se quisermos estudar os solos, por exemplo, temos que usar a banda, onde o solo é mais facilmente percebido.

Quando a imagem de satélite fica pronta, ela precisa passar por um tratamento visual, pois possui mais de 200 tons de cinza. Cada tom de cinza, representa um elemento da superfície terrestre. Por exemplo, os tons mais escuros podem representar a água e, os mais claros, podem representar solo exposto, e assim por diante. No entanto, o nosso olho não consegue diferenciar tantos tons de cinza, para ler e interpretar as imagens.
Portanto, precisamos primeiro escolher o que estudar, e depois, utilizar a melhor banda para esse tipo de estudo.
A imagem pronta, pode ter diversas aplicações, como a diferenciação entre solo e vegetação, mapeamento de áreas urbanas, agricultura, etc.
A grande vantagem de se utilizar as imagens de satélite para mapeamento e estudos de uso do solo, é que elas são feitas regularmente facilitando o controle de incêndios, enchentes, erosão, desmatamento ,loteamentos clandestinos, etc.

Tipos de Imagens

O infravermelho ou falsa-cor permite que nossos olhos vejam detalhes da vegetação . Um exemplo disso é a imagem de Rio Claro ao lado. A área ampliada do Horto Florestal "Navarro de Andrade" mostra como é possível observar nos diferentes tons de vermelho os talhões de áreas reflorestadas mais antigas e recentes, e as diferentes espécies de eucalipto.

A imagem em composição colorida de parte do município de Limeira apresenta em roxo a mancha urbana ao norte da área urbana as áreas de cultivo de cana e a leste pode se ver em diferentes tons de laranja os outros tipos de cultivo da cidade.

A imagem pancromática ou em tons de cinza de parte do município de Ipeúna é muito parecida com uma foto aérea. Os tons mais escuros a oeste da imagem mostram a grande inclinação da serra onde ainda há vegetação nativa. A seta indica a área urbana da cidade de Ipeúna.

Imagem e Mapa

A imagem pronta é muito utilizada para se mapear pontos ou áreas importantes.
O usuário final pode escolher até a escala,e portanto a área que ele quiser mapear.
O mosaico das imagens, que inclui municípios de nossa região como Ipeúna, Rio Claro, Santa Gertrudes, Cordeirópolis e Limeira, mostra como uma imagem de satélite pode servir para se fazer mapas.

No mapa obtido a partir desse mosaico foram destacadas as áreas urbanas e as áreas de reflorestamento.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Copyright © 2003 - 2017 - Limeira Online - O Site da Cidade!!! - Todos os direitos reservados - All rights reserved

 

Desenvolvimento